EDIÇÃO IMPRESSA ATUAL - Nº 90-OUTUBRO DE 2007
Fabiana Cunha-destaque da empresa Mary Kay com seu astra cor de rosa



Sucesso cor-de-rosa
[05/05/2007- Matéria da Edição :85 - Março de 2007 ]
Se você estiver no trânsito e se deparar com um Astra todo cor-de-rosa, não pense que Barbie está de passagem por Aracaju. Ao volante, estará Fabiana Cunha, Consultora Sênior da Mary Kay, uma das maiores empresas de cosméticos do mundo. O Astra foi uma conquista de Fabiana, um prêmio por alcançar metas dentro da empresa, que tem o rosa como cor oficial. Em entrevista ao Nossa Voz, Fabiana conta a história do carro e da própria Mary Kay. Só aqui, entre nós: ela esqueceu de contar como foi engraçado para seu irmão, Fernando Cunha - já entrevistado por este jornal - dirigir o carro de Salvador para Aracaju. Sabe como é... as pessoas ficavam vendo Fernando no volante daquele carro rosa, constrangendo-se por ele... Mal sabiam que, na verdade, ele estava cheio de orgulho, ainda mais por ter sido o principal incentivador da irmã. Confira a entrevista.
Nena: Fabiana, como você ganhou esse carro?
Fabiana: Já alcancei e conquistei metas importantes na empresa, como tornar-me Diretora de vendas, estar na Corte de Vendas do Seminário Brasil 2005 e 2006 e a viagem para o Seminário Dallas em 2005.
Pretendo continuar crescendo na carreira e conquistando novamente essas e outras metas como a do Astra cor-de-rosa, da frota particular da Mary Kay no Brasil.
As metas da empresa são incentivos para estimular o crescimento. Nenhuma das diretoras é obrigada a participar desses programas.
Nena: O que é a Mary Kay, exatamente?
Fabiana: A Mary Kay foi fundada há 43 anos, em Dallas, Estados Unidos, por Mary Kay Ash com a ajuda de seu filho Richard Rogers e nove Consultoras de Beleza. O empreendimento foi iniciado com apenas US$ 5.000, as economias de toda uma vida. Hoje, a Mary Kay é uma das maiores empresas de cosméticos em atividade no mundo, com faturamento mundial de 1,8 bilhões de dólares, o equivalente em vendas aos consumidores de 3,6 bilhões de dólares. A companhia possui mais de 1,5 milhões de Consultoras de Beleza Independentes em mais de 30 mercados do mundo. São mais de 200 itens de cuidados com a pele, cuidados com o corpo, maquiagem, perfumes e protetores solares.
No Brasil iniciou suas atividades comerciais em julho de 1998 e atualmente, conta com uma força de vendas com cerca de 20.000 Consultoras de Beleza Independentes presentes nas principais cidades do país e 102 Diretoras de Vendas Independentes. Fechou o ano de 2005 com vendas de R$ 30,4 milhões e a expectativa é de que em 2006 este número chegue a R$ 40 milhões. O Brasil é o 2º país em crescimento da Mary Kay no mundo.
A Mary Kay é a única empresa de venda direta que oferece um plano de carreira, nos quais as consultoras permanecem independentes e o esforço combinado de vendas pessoais associado à iniciação de novas Consultoras de Beleza Independentes proporcionam reais possibilidades de crescimento e desenvolvimento.
Nena: Além da oportunidade de fazer dinheiro, o que mais uma consultora da Mary Kay ganha com esse trabalho?
Fabiana: Uma das primeiras coisas que me chamou atenção na Mary Kay foi a sua filosofia. A Regra de Ouro é simplesmente maravilhosa: sinceridade, honestidade, ética, transparência, amor e respeito pelas pessoas. É realmente fantástico trabalhar e crescer em uma empresa conceituada nesses padrões.
Outro ponto positivo na Mary Kay é a atitude de contribuir para o aprimoramento das pessoas. Saber que meu trabalho ajuda a transformar consultoras em grandes mulheres de negócio e nossas clientes em mulheres lindas deixam-me feliz. Além disso, com esse novo trabalho, desenvolvi habilidades que jamais pensei ter, e minha auto-estima se elevou bastante. Sinto-me realizada pessoalmente e profissionalmente.
Nena: Você sempre pensou em ter negócio próprio?
Fabiana: Não. Apesar de ter me formado em administração de empresas, não me achava capaz de ter meu próprio negócio.
Nena: Uma palavra para a garotada que está buscando seu lado empreendedor.
Fabiana: Se alguém me dissesse, há dois anos atrás, que eu trabalharia como consultora de cosméticos, eu darias boas risadas. Por isso, acredito hoje que a liderança não é inata ou depende das condições sociais, mas depende, fundamentalmente, da vontade individual. O líder é líder porque deseja essa posição. Aprendi com a Mary Kay que, quando uma pessoa tem a possibilidade de aprender, crescer, tomar decisões e arcar com as responsabilidades de seus atos, a qualidade e a eficiência emergem.
Pra mim, a fórmula do sucesso está em como se conduz o trabalho dia após dia. Sonhar de verdade, acreditar que você pode, colocar em prática, ser constante e não perder o foco. Desenvolvo o meu trabalho nessa empresa, com muito amor e respeito às pessoas que encontro no meu caminho. Os resultados positivos são inevitáveis.
Nena: Quem pode trabalhar na Mary Kay?
Fabiana: Todas as pessoas que tenham determinação, fé e coragem.
As atividades que importam em Mary Kay são possíveis de ser aprendidas com treinamento e dedicação. Eu sou um exemplo disso. Nunca tinha vendido coisa alguma na minha vida e, naturalmente, tive que enfrentar alguns obstáculos, como o preconceito. A idéia de vender não me agradava em nada, mas, como queria ser Diretora, sabia que esse era o caminho e tinha que aprender. Depois entendi que vender Mary Kay era simplesmente ensinar as mulheres a ficar mais bonitas. Pouco a pouco, fui aprendendo, e o melhor é que adorei isso!
O segredo do sucesso na Mary Kay é um misto de fé e ação. Deve-se sonhar alto e acreditar na oportunidade e, principalmente, que aquela oportunidade é para você. Depois é preciso ter iniciativa para fazer a coisa acontecer: AGIR. Por último, neste negócio é fundamental manter o seu entusiasmo em alta e ter uma atitude positiva todos os dias.
Joelba Geane (Nena)