EDIÇÃO IMPRESSA ATUAL - Nº 90-OUTUBRO DE 2007



O Livreiro de Cabul
[28/02/2007- Matéria da Edição :83 - Janeiro 2007 ]
Asne Seiertad conta como ninguém o Afeganistão de hoje. Jornalista norueguesa graduada em Russo e História da Filosofia na Universidade de Oslo, ela viveu três meses no Afeganistão, hospedada na casa de um livreiro chamado Soltai Khan.
O Afeganistão tinha acabado de ser libertado do talibã, um regime islâmico que assolava o país, mas mesmo com seu fim, ele exerce grande influência na sociedade afegã, principalmente nas mulheres, que são tratadas como verdadeiras escravas dos homens, sem direito de dar opiniões ou de tratar de assuntos senão da casa.
Sultan Khan era um homem admirado por todos e tinha um grande sonho: juntar uma coleção de livros sobre história e literatura afegã. Isso correspondia a suas três livrarias com mais de 10 mil volumes. Mesmo depois de suas livrarias serem invadidas e queimadas mais de uma vez pelo regime talibã, ele não perdeu a esperança de realizar seu grande sonho.
Mas Sultan Khan não era perfeito. Depois de casar com uma jovem de 16 anos e não deixar os filhos irem para a escola, ele perde o prestígio junto à família, que sai de sua casa, onde antes todos viviam espremidos dentro de quatro cômodos.
Leia e se empolgue com este fascinante livro, escrito por uma grande autora e que foi campeão na lista dos mais vendidos do New York Times: O Livreiro de Cabul.

por Bruno Tomazi


Em 2007
II Feira do Livro de Sergipe
porque Nossa Escola faz cultura